A veia pulmonar retorna o sangue arterializado dos pulmões para o átrio esquerdo do coração. Elas são quatro em número, duas de cada pulmão e são desprovidas de válvulas. Começam em uma rede capilar nas paredes dos sacos aéreos, onde são contínuos com as ramificações capilares da artéria pulmonar e, unidos, formam um vaso para cada lóbulo. Esses vasos se unem sucessivamente, formam um único tronco para cada lobo, três para a direita e dois para o pulmão esquerdo. A veia do lobo médio do pulmão direito geralmente se une à do lobo superior, de modo que, em última análise, dois troncos de cada pulmão são formados; eles perfuram a camada fibrosa do pericárdio e abrem separadamente na parte superior e posterior do átrio esquerdo. Ocasionalmente, as três veias do lado direito permanecem separadas. Não é raro que as duas veias pulmonares esquerdas terminem por uma abertura comum.

Visão Posterior do Coração – Observar as veias pulmonares entrando no átrio esquerdo.

No hilo pulmonar, a veia pulmonar superior está na frente e um pouco abaixo da artéria pulmonar; o inferior situa-se na parte mais baixa do hilo do pulmão e em um plano posterior à veia superior. Atrás da artéria pulmonar está o brônquio. As veias pulmonares direitas passam por trás do átrio direito e da veia cava superior; a esquerda em frente à aorta torácica descendente.

Circulação Pulmonar